Prefeitura de Itaí promove palestras nas Escolas sobre conscientização do mosquito da dengue

Prefeitura de Itaí promove palestras nas Escolas sobre conscientização do mosquito da dengue

A Prefeitura Municipal de Itaí por intermédio dos agentes vetores e de endemias da Secretária da Saúde, realizaram palestras nas Escolas Municipais conscientizando os alunos sobre a gravidade que o mosquito da dengue pode causar na Saúde das pessoas.

Nestas palestras, houve a participação também do secretário de Meio Ambiente de Itaí Gui Gallego que enfatizou em seu discurso aos alunos, a importancia da consciência que todos nós temos que ter referente ao mosquito(aedes aegypti) que pode causar dengue, febre amarela, chikungunya e zikavirus.

Este trabalho é realizado mediante integração das Secretarias da Saúde, da Educação e do Meio Ambiente de Itaí. Foram entregues aos alunos e professores, folhetos que sintetiza os cuidados para previnir a proliferação do mosquito na cidade.

Dengue, febre Zika, a febre amarela e a febre de chikungunya são doenças infecciosas, de origem viral, transmitidas através da picada de mosquitos contaminados. Duas espécies de mosquito são responsáveis pela propagação dessas viroses: Aedes aegypti e Aedes albopictus.

Estes dois mosquitos podem receber a alcunha de “mosquito da dengue”, apesar do Aedes aegypti ser a espécie mais famosa e com maior capacidade de transmitir essas doenças.

O Aedes aegypti e o Aedes albopictus só são capazes de transmitir a dengue se estiverem contaminados pelo vírus. Ou seja, ele precisam picar alguém com dengue para adquirir o vírus. Ainda assim, o vírus precisa de mais 10 a 14 dias para se multiplicar dentro do mosquito, para só depois estar apto a ser transmitido para outro indivíduo.

A prevenção é a única arma contra a doença. A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença.